Monitorando operações de longa duração no Oracle

Monitorando operações de longa duração no Oracle

Monitorando operações de longa duração no Oracle

Muitas vezes, em uma atualização de sistema, carga de dados ou até mesmo backup do rman, muitos usuários ficam na dúvida sobre quanto tempo falta para terminar determinado processo no banco de dados.

Já presenciei casos, em que o analista de TI acreditava que o processo ou sistema havia travado.

Também surgem dúvidas como: “Quanto tempo falta para terminar o backup ?”

Para verificar isto, no Oracle, a partir da versão 8, foi criada a Dynamic Performance view chamada  v$session_longops.

Esta View é preenchida pelo banco de dados quando uma operação está em execução por mais de 6 segundos.

Com isso, é possível consultar esta view para obter informações sobre o processo em execução no banco de dados através da query:

SELECT SID, SERIAL#, opname, SOFAR, TOTALWORK,
ROUND(SOFAR/TOTALWORK*100,2) COMPLETE
FROM   V$SESSION_LONGOPS
WHERE
TOTALWORK != 0
AND    SOFAR != TOTALWORK
order by 1;

Outra opção variação da query:

SELECT SID,
SERIAL#,
START_TIME,
((SOFAR/TOTALWORK)*100),’%’,
MESSAGE
FROM V$SESSION_LONGOPS
WHERE TIME_REMAINING > 0 ORDER BY start_time;

Monitorando processos do RMAN – Andamento do Backup RMAN

Podemos utilizar uma variação da mesma query para monitorar o status de um backup via RMAN

SELECT SID, SERIAL#, CONTEXT, SOFAR, TOTALWORK,
ROUND(SOFAR/TOTALWORK*100,2) “%_COMPLETE”
FROM V$SESSION_LONGOPS
WHERE OPNAME LIKE ‘RMAN%’
AND OPNAME NOT LIKE ‘%aggregate%’
AND TOTALWORK != 0
AND SOFAR  != TOTALWORK;

Exemplo Resultado:

SID    SERIAL# OPNAME                    SOFAR  TOTALWORK   COMPLETE
———- ———- ——————–        ———- ———- ———-
904      13371  Table Scan                           6311      24498      25.76
985       1586   Table Scan                          6333      24498      25.85

Obrigado

Esperamos que estas dicas possam lhe ajudar a efetuar a efetuar uma gestão e monitoramento de processos mais demorados no banco de dados Oracle.

Se você gostou dessa matéria, compartilhe com seus amigos ou nos acompanhe pelas redes sociais.

Você pode nos ajudar a criar mais conteúdos como este. Como ?

Prestigie nossos anunciantes conhecendo seus produtos e serviços.

É simples e rápido e você ajuda a gente a crescer.

Não gostou da matéria, encontrou algum erro ou conhece outras dicas, deixe seu comentário.

Obrigado e um grande abraço

 

Compartilhe esta matéria
  


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *